Programa Meu Ambiente – catálogo

“Desde o início, o Meu Ambiente tem deixado pegadas na trajetória de cada um de seus participantes. Isso acontece porque o contato direto com a natureza é transformador. Os espaços naturais são espaços com vocação sensibilizadora e, mais do que isso, educadora.”

Com texto e projeto gráfico da Soma palavra e forma, o catálogo do “Meu Ambiente” traz informações sobre este programa de Educação Socioambiental do Instituto Ecofuturo. Realizado com escolas públicas da região do Parque das Neblinas, em São Paulo, o programa promove a valorização da natureza como espaço educador.

Por meio de encontros, projetos desenvolvidos em sala de aula e da vivência no ambiente natural, a iniciativa estimula a reflexão sobre a importância de atividades ao ar livre e da conservação da Mata Atlântica e sua biodiversidade, na mesma medida em que valoriza o indivíduo, sejam educadores ou alunos.

A metodologia do Meu Ambiente trabalha com fases que envolvem professores, educadores, monitores ambientais e alunos. Paralelamente, o programa envolve ainda Secretarias de Educação e Meio Ambiente, empresas e instituições de ensino.

Desde 2010, o programa já impactou mais de 4 mil estudantes e 110 educadores, de cerca de 40 escolas de Mogi das Cruzes.

“Cabe muita experiência dentro de um dia no Parque das Neblinas! Tudo começa com tempo. Tempo para cada um usufruir seu café da manhã (preparado com carinho no fogão à lenha), tempo para repetir o pão e o barulhinho da chapa quente, tempo para observar e para sentir as emoções novas que a floresta desperta. 
Cada passo e atividade são delineados de acordo com o direcionamento que o próprio grupo evidencia para o seu monitor. São diversos os caminhos e as possibilidades. Sempre há caminhos por dentro da floresta, caminhos que levam à leitura em espaços inovadores, caminhos para o encontro com a água (do cristalino rio Itatinga, que permeia a área) e caminhos que permitem a expressão artística.
Todos têm a oportunidade de experimentar o seu corpo em contato com o corpo da floresta. Sentir a textura ao subir numa árvore, o frescor da sombra, o movimento das águas, o cheiro da mata úmida, o vento no rosto ao correr livremente, e o impacto de seus passos sobre as folhas secas.
Ninguém fica indiferente.”

Confira o pdf do Catálogo Meu Ambiente – 9,3 Mb

Capa catálogo Meu Ambiente