Tenho pensado ultimamente sobre a energia do cotidiano.

O que alimenta essa energia? O dia ensolarado? Relações agradáveis no ambiente de trabalho? A paixão… por um projeto… pela vida? 

Tudo isso e mais.

Tenho notado que a qualidade dessa energia pode ser, em boa parte, determinada por uma constante que nos acompanha ou assombra: o pensamento. 

Outro dia acordei bem, mas me lembrei de algo que foi um pouco desagradável no dia anterior. O dia nublou.

Aí comecei a questionar a realidade daquelas nuvens: elas chegaram até ali sozinhas ou eu tinha acabado de criá-las?

 Desde então, tenho perguntado honestamente para pensamentos negativos que eventualmente batem à porta: Você é importante? Há alguma ação que preciso tomar em relação a você? 

Muitas vezes a resposta é “não”.

Essas duas perguntas objetivas são capazes de trazer o sol de volta. Elas me ajudam a olhar para o dia com mais objetividade e com a energia de nascer. E é essa energia que quero levar comigo.

Sibélia Zanon | Agência de comunicação soma palavra e forma: buscando o lado solar dos dias.

Curtiu? Compartilhe!

2 thoughts on “Qualidade do dia

  1. Marilia on 07/11/2019 at 17:53 Responder

    Menina inesquecível!
    Linda mulher!
    Escritora maravilhosa!
    Que orgulho!
    Saudades

    1. Sibélia Zanon on 08/11/2019 at 08:26 Responder

      Marília querida, um privilégio ter você por perto desde as primeiras letras! abraço de bicho preguiça em você – daqueles que não acabam nunca!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Marked fields are required.